Julho 2012

O CVR comemora os seus primeiros 10 anos de existência, facto que pela sua importância e dimensão justificam o destaque integral no presente espaço editorial

Dez anos volvidos após a sua criação, o CVR- Centro Para a Valorização de Resíduos, conseguiu corporizar os objectivos que nortearam a sua génese, assumindo-se como uma instituição de referência que aposta na inovação e no desenvolvimento de soluções para as questões ambientais e energéticas.

Uma reflexão sobre o seu percurso e trajectória revela um balanço amplamente positivo, com um franco crescimento e implementação no domínio da prestação de serviços na área de caracterização de resíduos e de efluentes, a par de uma consolidação nas actividades de I&DT e de uma busca e intensificação do estabelicimento de parcerias e de contactos junto de empresas de distintos sectores de actividade, bem como gestores de resíduos e de entodades/organismos gorvenamentais.

Ao longo deste período, foram vários os momentos e as actividades marcantes para o CVR, todavia pela sua importância interessa relevar de forma mais nítida, a concretização do projecto e construção de um edifício próprio, o alargamento das áreas de actividade, a Acreditação do Laboratório de Caracterização de Resíduos, o alargamento e fortalecimento da equipa de I&D, a crescente participação e coordenação em projectos nacionais e Interreg Sudoe, a criação da Spin off W2V, SA com o objectivo de potenciar e viabilizar a aplicação real das actividades de investigação desenvolvidas no centro e a organização da 1st International Conference WASTES: Solutions, Treatments and Opportunities.

A presente edição do boletim constitui-se como uma excelente oportunidade para revisitar o percurso histórico do CVR durante os seus primeiros 10 anos de vida, beneficiando para o efeito do grato privilégio de o fazer associando muitos daqueles que de alguma forma contribuíram para a sua génese, desenvolvimento e afirmação, e que através dos seus depoimentos, se constituem como testemunhos incontornáveis da vitalidade do CVR.

Apesar do sucesso alcançado e da prova inequívoca do know-how e do reconhecimento do centro enquanto entidade relevante do sector, o CVR está ciente dos desafios que a conjuntura económica actual lhe coloca, assumindo como vectores estratégicos para o futuro, o investimento na estruturação de projectos internacionais, o estabelecimento de novas parcerias e protocolos com instituições de I&DT, nacionais e estrangeiras, o alargamento da tipologia de serviços prestados, o reforço dos domínios de investigação e desenvolvimento de soluções tecnológicas de gestão integral de resíduos com um maior envolvimento de parceiros industriais, a promoção do desenvolvimento de acções de formação suportadas nas valências do corpo técnico do centro, a aposta no incremento da sua visibilidade externa promovendo a organização de eventos internacionais e o empenho na obtenção da acreditação dos seus laboratórios indo de encontro às necessidades e solicitações dos clientes e à prestação de um serviço completo e de valor acrescentado.

Um projecto como este, e em particular os primeiros 10 anos, fica indelevelmente ligado ao nome do Professor Fernando Castro, que emerge como figura de proa de uma equipa mais alargada, sem a qual não seria seguramente possível ter percorrido este caminho, razão pela qual se torna inevitável uma palavra de apreço e gratidão a todos os que com profissionalismo e elevado grau de disponibilidade ao longo dos anos emprestaram o melhor de si ao CVR.

Download